Ver em outros idiomas 4252 4070 3807 3253 
loading.........
 
London, June 1, 2012 AEST (ABN Newswire) - Baobab Resources plc (LON:BAO), a empresa de exploração de minério de ferro, minério de base e metais preciosos com um portfólio de projetos de exploração em Moçambique, anuncia que, por acordo mútuo, a Joint Venture com Ferrex plc ("Ferrex") relacionada com o projeto de Changara será terminada com efeito imediato, com Baobab retendo 100% do projeto.

RESUMO

- A Joint Venture foi estabelecida em 2010 para explorar o potencial de manganês e de metal de base do projeto de Changara do Baobab, um ativo de raiz não estratégico considerado potencial para mineração de estilo sedimentário exalativo (SedEx).
- Ferrex está concentrando recursos em seu projeto líder de manganês em Togo e como conseqüência decidiu retirar-se do Joint Venture. - Ferrex pagará US$39.521 a Baobab para o complemento em despesas comprometidas de acordo com a Etapa 1 do acordo de Joint Venture (até a data as despesas totais de Ferrex são c.US$260.000). Baobab retem 100% de posse do projeto de Changara.
- Os trabalhos concluídos durante a Joint Venture identificaram numerosas metas para fases de exploração seguintes.

O Sr. Ben James, Diretor Geral da Baobab, comentou hoje: "Baobab gostaria de agradecer a Ferrex pelo seu apoio no desenvolvimento do projeto de Changara desde 2010 e deseja à equipe muito êxito com seus esforços em Togo. Baobab permanece firmemente comprometida em desenvolver o projeto de Changara e está atualmente a avaliar opções estratégicas para promover o esforço de exploração. "

PROJETO DE CHANGARA

O projeto de Changara consiste de duas licenças de exploração cobrindo uma área de 525km² localizada aproximadamente a 100km a sudoeste da capital da província de Tete e contígua à fronteira nordeste de Zimbábue. A rede nacional de energia passa a 15km do limite oriental do projeto.

As licenças são sustentadas por rochas do Protezoroico inferior do Grupo de Rushinga que ladeiam a margem nordestina do Cratão de Zimbábue. Embora a área tenha sido sujeita a exploração histórica limitada, é considerada altamente potencial para mineralização polimetálica de minério de base e metais preciosos e manganês Tipo SedEx / Broken Hill e alberga numerosas ocorrências de zinco, chumbo, manganês, minério de ferro, fluorite, cobre e prata.

Em julho de 2010, Baobab entrou em uma Joint Venture não incorporada com Southern Iron. Southern Iron foi subsequentemente incorporada em Ferrex plc listada na AIM como uma subsidiária totalmente controlada e é aqui referida como "Ferrex". A joint Venture está estruturada de modo que Ferrex possa ganhar um crescente interesse participativo no Projeto de até 80% através de financiamento de quatro etapas prescritas (para mais detalhes por favor vejam a RNS datada de 19 de julho de 2010).

Durante a Etapa 1 da joint Venture, foi concluída uma extensa pesquisa de geoquímica do solo cobrindo uma área de c.455km² através de todas as quatro licenças de exploração de Changara (representando aproximadamente 87% da área total do projeto). As amostras foram analisadas com uma unidade manual de XRF. Está em curso a interpretação do conjunto final de dados; contudo os resultados provisórios identificaram uma série de alvos de multi-elemento (chumbo, zinco, manganês, +/-cobre) coincidentes com cenários geológicos potenciais. Avaliação complementar dos alvos de manganês mais elevados retornou promissores resultados de lascas rochosas de até 36,4% Mn (amostra CNZ031).

Ferrex comprometeu-se a financiar não menos que US$300.000 de despesas de exploração durante a Etapa 1 do joint Venture, depois disso o seu interesse no projeto permaneceria em 0%. As despesas totais até à data atingem c.US$260.000 e Ferrex pagará à Empresa US$39.521 para o complemento de despesas conforme o acordo de joint Venture.

Baobab entende a necessidade de Ferrex se concentrar recursos em seu ativo líder de manganês em Togo, estando em uma posição semelhante com seu projeto de ferro-gusa de Tete onde a Empresa está concluindo um pré-estudo de viabilidade. Baobab permanece firmemente empenhada em desenvolver o projeto de Changara e está atualmente a avaliar opções estratégicas para promover o esforço de exploração.

As informações neste anúncio que se relacionam com Resultados de Exploração estão baseadas em informações compiladas pelo Diretor Geral Ben James (BSc). O Sr James é Membro do Australasian Institute of Mining and Metallurgy [Instituto de Mineração e Metalurgia da Australásia], é uma Pessoa Idônea conforme definido no Código da Australásia para Relato de resultados de exploração e Recursos Minerais e Reservas de Minério, e autoriza a inclusão no relatório das questões baseadas nas informações na forma e contexto em que aparecem.


Sobre Baobab Resources plc

Baobab Resources plcBaobab Resources plc (LON:BAO) é uma mineradora sediada na Austrália, com ações na bolsa de valores de Londres (código AIM:BAO), e que está a desenvolver em Moçambique projetos de minério de ferro, titânio, vanádio, fosfato, cobre, manganês, ouro e níquel.

 


Contato

Baobab Resources PLC
Ben James
TEL: +61-8-9430-7151

Jeremy Dowler:
TEL: +44-1372-450529

Grant Thornton Corporate Finance
Gerry Beaney / David Hignell
TEL: +44-20-7383-5100

Shore Capital
Jerry Keen / Toby Gibbs
TEL: +44-20-7468-7964

Fortbridge Consulting
Matt Beale
TEL: +44-7966-389-196


Empresas relacionadas

Baobab Resources plc        

ABN Newswire Esta página foi acedida:  (Últimos 7 dias: 6) (Últimos 30 dias: 19) (Desde Publicado em: 4252) 
ANALYTICS: LOGIN HERE

Baobab Resources plc NEWS: RECENT VISITS (2958)

Ver em outros idiomas 4252 4070 3807 3253  (15382)